sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Grande FAmília do Sagrado Coração
COM CLÉLIA MERLONI
NA ESCOLA DE JESUS
CORAGEM E CONFIANÇA NO CORAÇÃO DE JESUS
“Ponde toda vossa confiança em Deus; persuadi-vos de que, sem Ele, nada podeis; se saís bem em
alguma coisa, é graça Dele; se errais, é culpa da vossa fraqueza, e não dos outros ou das
circunstâncias. Procurai convencer-vos de que, se tivésseis sido fiéis à graça, a esta hora seríeis
santos...” (Antologia, 3.6, MG., I,p.159).
Deixe só Jesus como testemunha de suas ações e nada tema” (Antologia, 3.5, Mg., II.p. 78).
Aquele que crê em mim não será enganado
“Coragem, sou eu, não tenhais medo” (Mt. 14,27).
“...Vem!” Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus. Mas, redobrando a
violência do vento, teve medo, e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” No mesmo
instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: “Homem de pouca fé, porque duvidaste?”
(Mt. 14,29-31).
“Irmãos, o que diz a Escritura? A Palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração. Essa é a
palavra da fé que pregamos. Portanto, se com a tua boca confessares que Jesus é o Senhor, e se em
teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. É crendo de coração que se
obtém a justiça, e é professando com palavras que se chega à salvação” (Rm 10,8-10).
REFLEXÃO
Existem momentos na vida que nos levam a fazer escolhas decididas: pelo nosso trabalho,
profissão, família, orientação dos filhos, ou mais radicalmente ainda, para orientar a vida em valores
autênticos ou, tantas vezes, à pseudo-valores. Para os cristãos, o Batismo foi uma escolha
fundamental para seguir Jesus Cristo, aceitando os critérios evangélicos de vida. O Senhor nos
chama em todos os momentos do dia e a nossa resposta deve ser sempre nova.
Em Pedro, nos Apóstolos, em tantas pessoas que no Evangelho tiveram um verdadeiro encontro
com Jesus, a resposta foi sempre uma profunda profissão de fé: “Rabi, tu és o Filho de Deus!” (Jo.
1,49).
Crer em Jesus é deixar-se olhar por Ele. O Papa João Paulo II dizia: “Buscai-O com os olhos da
carne através dos acontecimentos da vida e no rosto dos irmãos, mas, também, buscai-O com os
olhos da alma por meio da oração e da meditação da Palavra de Deus, porque a contemplação do
rosto de Jesus nos confirma tudo quanto a Escritura disse Dele (cfr. Novo Millennio Ineunte, 17).
“Jesus é a fonte originária de todo ser. E porque é único, é também sempre presente, e está sempre
perto de nós e, de igual modo, nos precede, mostrando o caminho de nossa vida, ou melhor, sendo
Ele mesmo o caminho...” (Papa Bento XVI, Solenidade dos santos Pedro e Paulo, 29 de junho
7
2005).
Madre Clélia viveu a radicalidade evangélica. No seu itinerário espiritual, encontramos momentos
importantes e necessários para se chegar a professar o amor de Deus e a fé Nele: desapegar-se de
tudo, abandonar-se Nele. Devemos também nós, ser testemunhas e profetas do mundo que não
morre.
VIVÊNCIA
Em família, na paróquia, na comunidade, no trabalho, procurar ser pessoas que acolhem o outro,
fazendo crescer assim, a comunhão entre todos. É este um sinal da presença de Cristo no meio de
nós e o testemunho de que acreditamos Nele.
Sagrado Coração de Jesus, confio em Vós!
Apostole del Sacro Cuore di Gesù -Via Germano Sommeiller, 38 - 00185-Roma- Italia
Tel: 06-772656 ; e-mail: gfascapostole@gmail.com

G F A S C

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...