domingo, 28 de agosto de 2011

Terceira Reflexão

Reevangelizar a vida pessoal para ser “ícone” credível da beleza de Deus.

                 O tempo e seus valores. As estações do Espírito.                

Gên 8, 22
“Enquanto durar a terra, semeadura e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite não hão de faltar”.

Tabor e Calvário se alternam na vida. É necessário que a tua alma seja às vezes, consolada e outras vezes torturada; que tu passes da luz às trevas; da calma a angústia; que digas sempre e amorosamente: FIAT” (Madre Clelia - PLM 387).

Rm 13, 11-14
11 Por mais que sabeis em que tempo estamos vivendo: já chegou a hora de acordar, pois a nossa salvação está mais próxima agora do que quando abraçamos a fé. 12 A noite avançou e o dia se aproxima. Portanto, deixemos as trevas e vistamos a armadura da luz. 13 Como de dia, andemos decentemente; não em orgias e bebedeiras, nem em devassidão e libertinagem, nem em rixas e ciúmes. 14 Mas vesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não procureis satisfazer os desejos da carne.

“Por que perdes tempo, assim inutilmente? Não sabes, que o tempo vale quanto o céu, porque o céu é a recompensa atribuída por Deus mesmo, ao bom uso do tempo? Um só momento bem empregado, valeu ao bom ladrão, malgrado os delitos da sua vida anterior, a posse do paraíso...” (M. Clelia -  PLM 112)

“O tempo, vale tanto quanto o sangue de Jesus Cristo, porque este Sangue é o preço pelo qual fomos resgatados em todos os momentos da nossa vida…” (PLM 120)

“Sendo o tempo de Deus e não nosso, não temos direito de dispor dele para outro uso diferente daquele que o Senhor nos pede…É preciso fazer tudo com o objetivo de agradar a Deus, porque Deus não recompensa senão o que se faz por Ele.” (M. Clelia - PLM 122).

“Perdendo Jesus, tudo estará perdido: a luz, a força, a alegria, a vida da alma. Quando Jesus não está presente ao meu espírito, o sol se retira da minha alma, e não se encontra nela senão inverno, luto e mortee…Quantas vezes Jesus é tratado como estrangeiro em meu coração, passando eu, minha vida em extrema popreza dos bens da graça, sem saborear a verdade da fé, sem estímulo para a virtude, sem nem ao menos julgar-me culpada por um tal estado de indigência, de fraqueza, atribuindo-o a uma prova de Deus, enquanto não senão castigo pela minha negligência.” (M. Clelia - PLM 462)

Ef 6, 11-20
11 Rivesti-vos da armadura de Deus, para poderdes resistir às insídias do diabo. 12 Pois o nosso combate não é contra o sangue nem contra a carne, mas contra os Principados, contra as Autoridades, contra os Dominadores deste mundo de trevas, contra os Espíritos do Mal, que povoam as regiões celestiais. 13 Por isso deveis vestir a armadura de Deus, para poderdes resistir no dia do mau e sair firmes de todo o combate. 14 Portanto, ponde-vos de pé e cingi os vossos rins com a verdade e revesti-vos da couraça da justiça 15 e calçai os vossos pés com a pregação do Evangelho da paz, 16 empunhando sempre o escudo da fé, com a qual podereis extinguir os dardos inflamados do Malígno. 17 E tomai o capacete da salvação e a espada do espírito, que é a Palavra de Deus. 18 Com orações e súplicas de toda a sorte, orai em todo tempo, no Espírito, e para isso vigiai com todo perseverança e súplica por todos os santos. 19 Orai também por mim, para que, quando eu abrir os meus lábios, me seja dada a palavra para anunciar com ousadia o mistério do evangelho,  20 do qual sou o embaixador em cadeias: que eu fale ousadamente, como importa que eu fale.

“Quantas trevas dolorosas e espessas envolvem minha pobre alma! São trevas de desolação. Minha pobre alma se assemelha a uma planta de inverno, quando já não tem mais que o tronco e os ramos, e parece morta...” (M. Clelia - PLM 500).

Daniel 3, 62-74
62 Sol e lua, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
63 Estrelas do céu, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
64 Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
65 Todos os ventos, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
66 Fogo e calor, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
67 Frio e ardor, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
68 Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
69 Gelo e frio, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
70 Geadas e neves, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
71 Noites e dias, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
72 Luzes e trevas, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
73 Raios e nuvens, bendizei o Senhor:
louvai-o e exaltai-o para sempre!
74 Que a terra bendiga o Senhor:
que ela o louve e o exalte para sempre!

“O Espírito Santo me diz: “Observa,... é preguicosa, a formiga, e aprende dela a sabedoria; observa as estrelas: todas fazem a vontade do Criador; às suas ordens espalharam suas luzes, cada uma em seu lugar...
O céu obedece a Deus com uma constância imutável... cada criatura serve o Senhor. Como é possível, diante de tais exemplos de fidelidade e de pronta obediência ao Criador, não me sentir incitada a semelhantes e maiores homenagens? Serei pois, somente eu, tão ingrata e rebelde para recusar servi-lo?” (M. Clelia - PLM 433).

“Noite, escura e  nublada,
fuge: entra a luz,
vem o Cristo, Senhor!
O sol da justiça
Trasforma e acende
O universo em espera.” (Hino da Liturgia das Horas)

PARTILHA: (Uma pequena reflexão e partilha  no grupo).
1-    O que você entende pelo bom uso de tempo?
2-    Numa sociedade, onde estamos sempre sem tempo, como é possível a convivência familiar com diálo e partilha?

VIVÊNCIA:
Para fazer bom uso de tempo que Deus me oferece, me empenho em viver:
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Peço a Jesus a graça: 
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Envie sua reflexão. Com certeza sua partilha ajudará outros a descobrirem a Beleza de Deus.

Grande Família do Sagrado Coração –Av. Visconde de Guarapuava,4242, 80.240-000 Curitiba PR
Tel: (41) 8418-2548: e-mail: gfascpr@gmail.com ; http://gfascpr.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...