quarta-feira, 2 de maio de 2012

Papa Bento XVI

Não ouvimos a voz de Deus porque somos distraídos, superficiais, adverte o Papa

Cidade do Vaticano, segunda-feira 30 de Abril de 2012 (Gaudium Press) - No Regina Coeli de hoje o Santo Padre falou sobre o tema da vocação à vida dedicada a Deus no sacerdócio. Em toda a Igreja, por ocasião do Domingo "do Bom Pastor", hoje se celebra o Dia Mundial de Oração pelas Vocações. "Rezemos para que todos os jovens estejam atentos à voz de Deus que interiormente fala ao seu coração e os chama a separar-se de tudo para servi-Lo", disse o Papa.

"O Senhor chama sempre, mas tantas vezes não o ouvimos. Somos distraídos por muitas coisas, por outras vozes mais superficiais e depois temos medo de ouvir a voz do Senhor, porque pensamos que nos possa tirar nossa liberdade". Bento XVI recordou que Deus age segundo seu amor pelo homem. Nós somos um "fruto do amor". O Papa ressaltou que este amor muda a ótica da própria vida.

"A minha vida muda: torna-se uma resposta a este amor, maior que qualquer outro, e assim se realiza plenamente a minha liberdade". O Santo Padre recordou também que "na Igreja se descobre que a vida de todo homem é uma história de amor".


2 comentários:

  1. Olá amiga querida!
    Quando nos entregamos verdadeiramente nas
    mãos de Deus, ele age, basta nos jogarmos nos braços Dele...amei o texto...beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  2. ¡Que verdad tan grande! Estamos distraídos, dispersos con tantas cosas.
    Solo una cosa es necesaria, DIOS.
    ¡Muchas gracias! Encantada de conocerle!.
    Dios le bendiga.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...