segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Parabéns Professor!

Decálogo do Educador

1)      Amarás o Senhor teu Deus acima de todas as coisas e, com a sua graça, amarás as crianças, os adolescentes e os jovens que te foram confiados! Amá-los-ás acima do teu saber, acima do teu poder, acima de qualquer mérito ou classificação. Porque educar é amar. E sem amor, não há relação; sem amor, não há conhecimento possível e verdadeiro.
2)      Conhecê-los-ás, a cada um, pelo seu nome. Não os conhecerás pelo numero de turma ou qualquer outra forma impessoal e distante. Quando chamares pelo nome de cada um, estarás a reconhecer como cada pessoa é um mistério sagrado, uma personalidade única, original e irrepetível. Conhecê-los-ás, na sua singularidade e na sua circunstancia, para os amares, de modo único! Esta é a tua primeira missão, o sinal inequívoco do teu testemunho.
3)      Guardarás o tempo do intervalo e do descanso, para os escutares, para viveres e conviveres com elas e com eles, porque nem só de aulas e reuniões se faz a educação. Lembra-te que eles aprenderão a ser Homem e Mulher, mais por transmissão e contágio da tua alegria e dos teus valores, do que por instrução acadêmica. Não renuncies a transmitir-lhes uma autentica sabedoria de vida!
4)      Reconhece a primazia educativa dos pais e não caias na tentação de desejar substituí-los. Procura entender a sua situação e partilhar pontos de vista, sabendo que são sempre eles os primeiros educadores.Tu ficarás feliz por seres colaborador na missão educativa dos pais, partilhando, em primeiro lugar, com eles as suas dores e alegrias, sofrimentos e esperanças.
5)      Esforça-te por transmitir vida, nunca usando palavras ou gestos ofensivos, abusos de poder ou discursos de desanimo, expressões de desencanto ou sinais de desesperança. Não causes dano ao seu corpo e á sua alma ainda tão frágeis! Saberás cultivar, naqueles que te foram confiados, o gosto e a responsabilidade pela beleza da vida!
6)      Sê autêntico no conteúdo das suas palavras, na nobreza e largueza dos teus gestos. Esforçar-te-ás por usares uma linguagem compreensível e manteres sempre um rosto acolhedor!
7)      Não defraudes as esperanças dos teus educandos, nem lhes furtes a confiança no futuro! Procurarás conciliar a justiça e o rigor, a compreensão e o amor, na avaliação integral e global de todas as crianças, adolescentes e jovens ao serviço de quem estás.
8)      Não mintas, iludindo-os com promessas de facilidade: não faltarás à verdade, por falta de esforço no estudo e na reflexão, por medo, comodismo ou falsa simpatia com os teus educandos. Saberás que só a verdade liberta e não temerás propô-la, mesmo correndo risco de não teres quem a escute de imediato;
9)      Não consentirás em qualquer pensamento ou desejo de vingança, de exploração ou de injustiça. Darás o beneficio da dúvida, pensarás sempre o melhor dos teus educandos e desejarás para eles o que desejas àqueles que mais amais.
10)  Saberás educar para a diferença, sem cederes á indiferença e ao relativismo, procurando, em conjunto com os teus alunos/catequizandos, a luz da sabedoria, o conhecimento da verdade e da beleza do amor!

Um comentário:

  1. Muito bom o post, merece ser compartilhado, posso?
    A Paz de Cristo!
    Ivani

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...