quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Maria Santíssima

MARIA- MÃE DE DEUS
- No seio de Maria o Filho de Deus. Maria é esta mulher, cheia de graça, que gera a vida e a doa ao mundo, com os braços abertos entrega Jesus como Salvador do mundo: “E, entrando o anjo onde ela estava disse: Ave, cheia de graça o Senhor é contigo”. Lc 1,28.

- O forte vermelho de suas vestes faz memória da ação do Espírito Santo na vida de Maria.” Respondeu-lhe o anjo: Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus”.Lc 1,35. Maria deixa-se conduzir pelo Espírito Santo de Deus. Toda a sua vida, alegrias e sofrimentos, é o caminho abraçado fielmente no desejo de viver o projeto de Deus e de se dispor à sua ação.

- As velas acesas e os desenhos na veste de Jesus expressam a luz divina no evento Jesus Cristo:” Então Jesus tornou a falar-lhes, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue de modo algum andará em trevas, mas terá a luz da vida”.Jo 8,12. Aproximar-se de Jesus é aproximar-se da luz, assim Ele ilumina, com sua vida concreta, toda a vida da humanidade.

- Na tradição iconográfica as três estrelas em Maria ( cabeça e ombros ) significa sua santificação pela Trindade, foi virgem antes, durante e depois do parto. Compreendo aqui sua virgindade como Dom de Deus, graça acolhida, que vai muito além de sua sexualidade. Poderíamos compreender estas três estrelas também como a fidelidade assídua de Maria ao Projeto de Deus ( Pai, Filho e Espírito Santo). “Disse então Maria. Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela”.Lc 1,38.

- Maria tem seus braços e mãos elevados e em gesto de louvação, bendizendo a Deus por todas as maravilhas realizadas em sua vida e na história da humanidade. “Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor,e o meu espírito exulta em Deus meu Salvador”;Lc 1, 46-47. Maria louva e bendiz a Deus pela vida de Jesus, sua encarnação e a salvação que vem de Deus.

- Jesus, na mão direita, sinala com seus dois dedos, sua divindade e sua humanidade. Isso mesmo, verdadeiramente homem e Deus, o maravilhoso mistério de sua encarnação. “ E a Palavra se fez homem e habitou entre nós. E nós contemplamos a sua glória: glória do Filho único do Pai, cheio de amor e fidelidade.” Jo 1,14.
- Jesus na outra mão, na mão esquerda, segura o Projeto do Pai, assume a sua missão completamente:” Eu não posso fazer nada por mim mesmo. Eu julgo conforme o que escuto e o meu julgamento é justo, porque não procuro fazer a minha vontade, e sim a vontade daquele que me enviou.” Jo 5,30.

Renato,SJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...