quarta-feira, 10 de julho de 2013

Adoração ao Santíssimo

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO
                                                           CORAÇÃO DE JESUS FONTE DE ÁGUA VIVA

Leitor 1: Do evangelho de João (4, 5-15)
Chegou, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, perto do terreno que Jacó dera a seu filho José; achava-se ali o poço de Jacó. Jesus, pois, cansado da viagem, sentou-se assim junto do poço; era cerca da hora sexta. Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: “Dá-me de beber”. Pois seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe então a mulher samaritana: “Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana?” (Porque os judeus não se comunicavam com os samaritanos).
Respondeu-lhe Jesus: “Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: ‘Dá-me de beber’, tu lhe terias pedidos e ele te haveria dado água viva”. Disse-lhe a mulher: “Senhor, tu não tens com que tirá-la, e o poço é fundo; da onde, pois, tens essa água viva? És tú, porventura, maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual também ele mesmo bebeu, e os seus filhos, e o seu gado?” Replicou-lhe Jesus: “Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorra para a vida eterna”. Disse-lhe a mulher: “Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, nem venha aqui tirá-la”.
(intervalo breve para a reflexão)
Dir.: A Água é um Dom muito precioso, principalmente quando transformada em vida na Comunidade, na família. A fonte da qual jorra a água natural, está sempre pronta a nos proporcionar água limpa, pura e saciar a nossa sede física. Na Fonte do Coração de Jesus, da qual bebeu a Samaritana, somos também nós convidados a nos aproximarmos. Esta é a única capaz de saciar a sede de vida plena que trazemos no coração, pois dela jorra Água Viva para a Vida Eterna. Silenciando todo o nosso ser, corpo, mente e coração, peçamos perdão a Deus, por todas as vezes que não percebemos a Sua manifestação amorosa, em nossa vida e formos saciar a nossa sede, em outras fontes. Apesar de nossas limitações, Deus nos ama e quer transformar nossas vidas.

Canto:

Dir.: O evagelista João nos apresenta a Revelação de Jesus, através do simbolismo da Água, para indicar a sabedoria de Deus que concede a Vida. Jesus se refere a si mesmo como “Água viva”, porque é a Sabedoria divina. Neste sentido, o diálogo entre a mulher Samaritana e Jesus, sentados à beira do poço, é a revelação do Espírito que dá a vida, e que confirma as palavras de Santo Tomás de Aquino: “A graça do Espírito Santo é concedida ao homem na medida em que lhe é dada a mesma fonte da graça, isto é, o Espírito Santo”. (pausa)

Canto:

Dir.: Na passagem Bíblica da Samaritana, o evangelista convida assumirmos uma vida nova, transformada pela água viva que é o próprio Jesus, essência e fundamento de nossa vocação. Somos convidados a refletir a qualidade da nossa relação com o Coração de Jesus.
§         Quando  o Mestre questiona a Samaritana, sua intenção é conduzi-la a um diálogo profundo e para uma maior comunhão.
Ø      Qual o apelo forte que hoje Jesus me faz?
§         A Samaritana descobriu que estava diante da Fonte da vida e a sua vida se transformou.
Ø      Como estou correspondendo ao Projeto de Deus em minha caminhada?

Leitor 2: Carta apostólica Porta Fidei do Papa Bento XVITambém o homem contemporâneo pode sentir de novo a necessidade de ir como a samaritana ao poço, para ouvir Jesus que convida a crer n’Ele e a beber na sua fonte, donde jorra água viva (cf. Jo 4, 14).
Devemos readquirir o gosto de nos alimentarmos da Palavra de Deus, transmitida fielmente pela Igreja, e do Pão da vida, oferecidos como sustento de quantos são seus discípulos (cf. Jo 6, 51). De fato, em nossos dias ressoa ainda, com a mesma força, este ensinamento de Jesus:  Trabalhai, não pelo alimento que desaparece, mas pelo alimento que perdura e dá a vida eterna (Jo 6, 27). (Porta fidei, 3)
(intervalo breve para a reflexão)
Leitor 1 ... A fé obriga cada um de nós a tornar-se sinal vivo da presença do Ressuscitado no mundo. Aquilo de que o mundo tem hoje particular necessidade é o testemunho credível de quantos, iluminados na mente e no coração pela Palavra do Senhor, são capazes de abrir o coração e a mente de muitos outros ao desejo de Deus e da vida verdadeira, aquela que não tem fim. (Porta fidei, 15)
(breve para a reflexão)
Dirigente : Como podemos – pessoalmente e em nossa família – atingir uma fé mais profunda, uma vida cristã e religiosa mais coerente?

Dirigente Jesus pediu à Samaritana água para beber, com o objetivo de dar-lhe o grande dom da fé, e dessa fé haver uma sede ardente que acende e inflama o coração do seu divino amor. Dirijamos ao Senhor, espontaneamente, as preces que trazemos em nossos corações. A cada invocação responderemos:
Senhor, escutai a nossa prece.
Oração final
Ó Deus, fonte de vida, que ofereceis à humanidade sedenta a Água Vida da graça que brota de Cristo nosso Salvador. Dai-nos o dom do Espírito, para que saibamos professar com força a nossa fé e anunciar com alegria as maravilhas do seu amor. Por Cristo nosso Senhor. Amém.




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...