segunda-feira, 2 de abril de 2012

O olhar de Jesus
No evangelho de S. Lucas lemos a seguinte passagem:
“Mas Pedro disse: Homem, não sei o que dizes.
Imediatamente, enquanto ele ainda falava, o galo cantou e o Senhor, voltando-se, fixou o olhar em Pedro... E Pedro, saindo para fora, chorou amargamente.”

Eu tinha um relacionamento bastante bom com o Senhor. Conversava com Ele, pedia-lhe coisas, louvava-O, agradecia-Lhe. Mas tinha sempre um sentimento ou sensação inesquecível de que Ele queria que eu olhasse dentro de Seus olhos... E isto eu não queria. Conversava muito, mas desviava os olhos, cada vez que percebia que Ele estava olhando para mim. Sim, sempre olhava para outro lado. E eu sabia por quê! Tinha medo. Receava encontrar uma acusação nos olhos dele: algum pecado não arrependido. Mas pensava também poder encontrar, naquele olhar, algum pedido: algo que Ele queria de mim.

Um dia, finalmente, juntei toda minha coragem e olhei! Não havia acusação alguma. Nem exigência ou pedido. Aqueles olhos diziam-me, simplesmente: “Eu te amo!” Aí olhei ainda mais no fundo deles, com persistência de quem procura algo. Nada encontrei, apenas a mensagem de sempre: “Eu te amo!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...