sábado, 6 de abril de 2013

Homilia dominical - Páscoa - 06 de Abril de 2013

A Comunidade


Todo Domingo é Dia do Senhor Ressuscitado...
Vivendo ainda o clima de Páscoa,
nos reunimos hoje em nome de Jesus,
para proclamar a nossa fé na Ressurreição.

A liturgia nos mostra que a COMUNIDADE CRISTÃ
é um lugar privilegiado de "Encontro" com Jesus Ressuscitado.

A 1a Leitura apresenta um dos "Sumários", que "retrata"
a vida da Comunidade de Jerusalém, continuando a Missão de Jesus. (At 5,12-16)

- Era uma comunidade viva: "Todos os fiéis se reuniam, com muita união..."
- Eram pessoas estimadas: "O Povo estimava-os muito..."
- Exercia forte atração sobre todos: "Crescia sempre mais
  o número dos que aderiam ao Senhor pela fé ..."

   O que atraía? Os gestos concretos de libertação:
   O Ressuscitado não podia mais ser visto pessoalmente,
   mas havia algo que podia ser visto: a COMUNIDADE,
   que, através de sua vida, dá testemunho de que Cristo está vivo.

* A comunidade cristã deve ser SINAL VISÍVEL de Cristo ressuscitado.
   Eles realizam prodígios, sinais da presença de Cristo entre eles.

A 2ª Leitura apresenta Jesus caminhando com a sua Igreja.  
É nele que a COMUNIDADE encontra a força para caminhar e
para vencer as forças que se opõem à vida nova de Deus.
Por isso, os cristãos nada terão a temer. (Ap 1,9-11a.12-13.17-19)

+ No Evangelho, o CRISTO vivo e ressuscitado
   é o Centro da Comunidade cristã. (Jo 20,19-31)
 
A Comunidade insegura e frágil, dominada pelo medo,
se estrutura ao redor de Cristo e dele recebe a vida que a anima
e que lhe permite enfrentar as dificuldades e as perseguições.
Na vida da comunidade, encontramos as provas de que Jesus está vivo.

O texto apresenta dois encontros dos apóstolos com Cristo Ressuscitado:
 Aprofundemos alguns DETALHES:

- "1o Dia da semana... Oito dias depois..." (Domingo)

* Lembra as celebrações dominicais da Comunidade primitiva
e mostra a nossa experiência pascal que se renova cada domingo.
O Domingo é o dia do "encontro" com o Ressuscitado.
É o dia em que a comunidade é convocada para celebrar a Eucaristia.
É no "encontro" com o amor fraterno, com o perdão dos irmãos,
com a Palavra proclamada, com o pão de Jesus partilhado,
que se descobre Jesus ressuscitado.

- Na Comunidade:
  A Assembléia dominical da Comunidade é o lugar privilegiado
  para encontrar o Ressuscitado e ouvir a sua Palavra.

        * Não basta rezar em casa, assistir a missa pela TV...
Em casa podemos fazer a experiência de Deus, mas não a do Ressuscitado, porque esse se faz presente onde a Comunidade está reunida...

- "Com portas trancadas por medo dos judeus..."
    Mais do que as portas e janelas, o coração deles estava fechado..   
    O Ressuscitado os liberta do medo e lhes traz a alegria...

   * Retrata a situação de insegurança e fragilidade, que dominava a comunidade.

A essa comunidade fechada, com medo, mergulhada num mundo hostil,
ao aparecer "no meio deles", JESUS...

   - Transmite o Dom da PAZ...  do PERDÃO:
         - "A Paz esteja convosco..."
- " A quem perdoardes os pecados..."

   - Comunica o ESPÍRITO SANTO:
- "SOPROU... recebei o Espírito Santo..."
   (Lembra o "sopro" de Deus na Criação)

   - Envia em MISSÃO:
- "Como o Pai me enviou, eu também VOS ENVIO..."

+ O Episódio de Tomé
   é uma CATEQUESE SOBRE A FÉ:

Inicialmente exige provas, só acredita vendo...
Não valoriza o testemunho da Comunidade.
Não percebe os sinais de vida nova que nela se manifestam...
Fora da comunidade, não encontra o Cristo ressuscitado.
Depois, voltando à comunidade, no "dia do Senhor" (Domingo),
o encontra e faz uma linda profissão de fé: "Meu Senhor e meu Deus".
Quem não encontrou o Ressuscitado na Comunidade
precisa de "provas" para acreditar.

As dúvidas de Tomé expressam a experiência da Comunidade apostólica.
Sua incredulidade evidencia o realismo da Ressurreição e
nos convida a crer firmemente neste mistério, mesmo sem ter visto,

- O que significa para nós
   a EUCARISTIA na COMUNIDADE, no MEU DOMINGO?

Peçamos a Deus, nesta celebração, que a nossa vida, através de gestos concretos,
torne visível aos homens de nosso tempo, que Jesus está ainda vivo?

                                           Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 07.04.2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...