quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Reflexões do GFASC - Grande Família do Sagrado Coração

3
GFASC -  Reflexão 3 - Ano 3
“Irradiar nas diferentes culturas o amor do Coração de Jesus com a PALAVRA e com UM TESTEMUNHO ALEGRE de vida, para ser “ICONE” credível da beleza de Deus”          Mês
Eu creio em Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nosso Senhor, que foi concebido pelo Espírito Santo e nascido da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e foi sepultado, desceu a manção  dos mortos ao terceiro dia ressuscitou dentre os mortos, subiu ao céu e está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, de onde há de vir...

A PALAVRA “CRÊR”
Em nossa fala do cotidiano, esta palavra pode ser entendida de forma diferente.
                Dizemos, por exemplo: acredito que você tem razão, creio que amanhã será um belo dia ... e, neste caso, a palavra crêr significa que sobre ela não há uma única ideia.
            Também realizamos muitos e diferentes atos de fé: Acreditamos no médico,  no especialista, nos amigos. Em determinadas situações, não somos capazes de ver como as coisas são exatamente, então, nós confiamos e acreditamos naquelas  pessoas que conhecem e julgamos verdadeiro o que nos dizem.
            Este segundo comportamento humano pode ser comparado a crença cristã. As palavras "eu creio" significa, exatamente: eu confio que Deus se manifesta aos homens por meio de Seu Filho, Jesus Cristo.
        
CRER EM ALGUÉM, EM ALGUMA COISA…
         A Bíblia nos apresenta um número de pessoas que para as quais a fé tem sido fundamental em suas vidas: Abraão, os profetas, Maria, os apóstolos. Todas estas pessoas confiavam em Deus, mesmo quando, humanamente falando, seria mais razoável não confiar. Para nós, hoje, o que nos leva a acreditar que é acima de tudo o fato de que Jesus ressuscitou dos mortos. Esta intervenção extraordinária de Deus nos assegura que podemos confiar em Jesus, Deus está por trás de suas palavras e ações.
            Na verdade, se tivéssemos de dizer o que e onde procurar sobre as primeiras pregações de Jesus de Nazaré, que é, de onde partiram os discípulos quando no Cristianismo havia pessoas que nunca tinham ouvido falar dele, veremos que o centro de todo o anúncio é a ressurreição (cf. 1 Cor 15 - Atos 2).
            Quando a fé em um fato histórico extraordinário realmente acontecido, não podemos explicá-la segundo os nossos gostos ou de acordo com as modas do dia, torna-se um presente de Deus que precisamos acolher e que nos faz crescer em um relacionamento pessoal com Ele.
                Para crer é necessário rezar. Um bom teste da nossa fé é a oração, mesmo que seja o único caminho, a oração é um elemento fundamental no qual se expressa a relação entre o nosso eu humano e o Tu divino. Deus estabelece conosco um diálogo de amizade e quer de nós uma resposta.
                Para ser cristão, acreditar, ter fé, é difícil hoje por causa da sociedade em que vivemos (embora a verdadeira fé nunca foi fácil, e cada idade tem suas dificuldades ...). Hoje acredita-se nas coisas que podemos tocar, que se pode concretamente ver... Esta forma de crêr, é exatamente o oposto da fé cristã!     
 
Madre Clélia
Seja Jesus, único testemunha de tuas ações e, não tenhas medo de nada.(PM 307)

“Deves recolher-te e conservar em teu coração todas as vozes e inspirações da graça, para conhecer bem aquilo que Deus quer de ti. Jesus quer a docilidade perfeita de teu coração... a todos os movimentos da graça.” (PM 439).

“ Ó meu bom Jesus! Falai sempre ao meu pobre coração; e eu com vosso divino auxílio, prometo-vos colocar-me imediatamente na luta, para fazer tudo o que vós, meu bom Deus e meu Tudo, me inspirais a fazer. Fortalecei-me, ó meu Deus. Eis-me pronta para o combate; mas, depois da guerra, dei-me a paz que prometestes e de que tanto preciso.” (PM 493)

              Normalmente, em quais pessoas você confia por quê?
              Crer, para você, quer dizer…
              É moda construir uma fé "para se adequar ao seu gosto." Quais são as principais dificuldades que você encontra no hoje  para "acreditar”?

A fé cristã consiste em acreditar em uma pessoa, em um tu, e não em uma única ideia, ou num conceito abstrato.
O Creio depois da profissão de fé em Deus Pai Criador, nos fala de Jesus Cristo, seu Filho unigênito.
Para simplificar um pouco as coisas que podemos dizer, que muitos param, cheios de admiração diante da mensagem e do exemplo de vida de Jesus.
            Mas a fé cristã pede algo a mais do que apenas admirá-lo como um modelo, pede para não paremos em suas palavras. Jesus é, acima de tudo aquele que pode intervir na nossa história pessoal e comunitária, pode nos libertar do pecado, pode nos fazer novas criaturas, filhos de Deus, Jesus é o nosso "irmão mais velho", que ensina-nos o caminho a seguir.
     
Madre Clelia
“ Jesus, do alto da cruz, vos diz que... não bastam as intenções, os afetos, as palavras, mas é preciso que haja também obras.” (PM 328)

“ Teu trabalho deve ser sempre acompanhado pelo espírito de pura e reta intenção e pela plena conformidade ao querer divino.” (PM 317).

Ø                   Quem é Jesus para você: um personagem importante na história" que você estima e admira, uma "pessoa viva", com quem você fala e  respeita , ou seu Deus", sem o qual você não pode viver em paz e alegria?
Ø                  Quem é Jesus para você: um amigo, um irmão, um ideal, um objetivo, uma razão para viver, ou é apenas uma ideia abstrata, uma recordação?

         JESUS, O  HOMEM…

            A nossa fé nos chama para ir além do Jesus homem.
            Não podemos e não devemos parar apenas nas qualidades humanas. Mas, podemos falar sobre a fé cristã se, como o apóstolo Pedro, reconhecemos que Jesus é "o Messias, o Filho do Deus vivo" (Mt 16,16).
O NOSSO CAMINYO DE FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...